Qual é a causa de sua vida?

As nuvens da materialidade dissipam as verdades dos céus e o impede de ser liberto. Eu ouço questionar sobre a necessidade real de estar na Terra, sobre as dificuldades, as angústias e os medos terrenos. Tudo isso é válido dentro da perspectiva em que está vivendo, mas jamais esqueça o que vai carregar disso tudo, a experiência.

Você quis experimentar como era uma coisa e outra, e assim o fez, entretanto nada disso é realmente aquilo que aparenta ser.

Ao expandir sua visão para uma realidade maior você terá a chave para compreender os mecanismos de libertação de todas as prisões em que ainda vive. Não falo de prisões físicas, falo das prisões mentais que criou para si ao longo do tempo.

Pergunte-se por que não?

Quanto mais pergunta, mais confuso fica e ao mesmo tempo mais liberto, mais compreensivo. Seria a própria antítese agindo em si.

Por que você faz o que faz?

Só porque uma coisa foi sempre feita da mesma maneira, não significa que ela não deva mudar. Pelo contrário, há muito o que ser feito. Todos desejam ver avanços significativos em relação a comunidade, a experiência de vida na Terra, a convivência, a permanência, a sobrevivência. E se disser que a chave está nas suas mãos é porque é a verdade.

A colaboração é necessária para que as coisas aconteçam. E isso diz respeito aquilo que se faz individualmente e coletivamente. Se as mudanças e as causas justas não valessem a pena todos aqueles que lutaram e perderam a vida por elas teriam trabalhado em vão.

Utilizando uma referência ao evangelho, Paulo diz que se a causa de Cristo não era real, se não existisse vida após a morte, comam e bebam porque é chegado o fim, e de nada vale a nossa causa (Conríntios 15:32). 

Amado, por que causa você dá a sua vida?

Não pedimos aqui nada além de suas forças e capacidades, mas esteja certo de que suas convicções e aquilo que apoia corresponde à Seara de Cristo. Caso contrário, os frutos colhidos poderão não ser exatamente aqueles esperados por você, embora estivesse pensando que plantou bem.

Ouça bem e aplique seu coração às palavras da verdade.

Permaneçam em amor, paz e luz. Assim me despeço.

Cladmia Sacerdotisa da Deusa canalizada por Melissa em 25/06/20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s