A luz da nova umbanda – Meziel

Os senhores da umbanda das quais vossos olhos vêem, nada mais são que os nossos mestres ascencionados no trabalho fraterno da luz cósmica que paira no alto deste planeta. 

Completados por todas as falanges existentes e todos os espíritos que dela fazem parte concluímos uma outra extensão do nosso trabalho nesta doutrina que alcança os corações mais insensíveis, visto a materialização e a fusão de acontecimentos cabíveis aos olhos dos mais incrédulos e ao comensal da cadeia dessa denominação que alcança as mais densas vielas deste planeta. 

Originário do continente africano e introduzido no Brasil pelos escravos que vieram a este país para servir em condições menos nobres e tiveram que clandestinamente exercer sua religião nos confins de suas senzalas, enquanto, por hora, eram descobertos em suas magias, que os senhores tomavam por bruxaria do mal e eram aplicados aos negros praticantes horríveis castigos devido a terrível ignorância, mesclados ao medo que os senhores possuíam de tais manifestações religiosas que lidavam com coisas que eles desconheciam por completo, mas, que, vez ou outra, os mesmos se beneficiavam da religião de seus escravos através das curandeiras e curandeiros mais anciãos que hoje são denominados carinhosamente como pretos velhos.

E assim, irmãos, foi trazida à umbanda para os recintos deste país, tendo sua origem sempre entre os povos mais humildes, persistindo até os dias de hoje. 

No entanto, com o advento da religião a todas as classes sociais e a chegada de políticas sociais mais centradas no respeito das diversas cores e credos humanos a umbanda tornou-se universal e alcançou as mais diversas classes, apaixonando brancos, pardos e negros, ricos, pobres e milionários pela densidade e importância de seus trabalhos realizados nas principais zonas de contágio inferior deste planeta.

Os exus e as pombagiras, os caboclos e as entidades mais iluminadas, mesclados ao erês, marinheiros e diversas outras nomenclaturas formam dentro da umbanda o anonimato perfeito para o trabalho necessário ao resgate das almas mais complexas e inferiores do orbe terrestre espiritual.

Sentimos cada vez mais que o momento da umbanda se disseminar fortemente entre as multidões de seres humanos desconcertados desse planeta é chegado. Nunca em outros tempos essa denominação religiosa teve tanto compromisso a enfrentar, por isso, as legiões de casas universalistas que possam mesclar a sagrada doutrina umbandista a outros preceitos mais complexos da espiritualidade estão surgindo desmedidamente no orbe terrestre, e assim será, até que o resgate do maior número de almas seja concluído.

Algumas casas se destacarão pelo seu ótimo e extenso trabalho na luz da caridade, como sabemos que outras se perderão nos comensais da vaidade humana e do dinheiro fácil na faceta enganadora de enriquecer sobre preceitos que dependem exclusivamente de nós, espíritos ascencionados que trazemos as mensagens a todos que necessitam. 

Aos que escorregarem na missão, terão a frustração de seus trabalhos arraigados na mente, além dos diversos carmas gerados e outros não completados pelo resgate não realizado das almas emergentes deste planeta.

Portanto executem bem o trabalho, o jugo espiritual é leve, no entanto a consciência e a vida são duras cobradoras. 

Estamos há postos sempre que precisarem.

Com fé, Meziel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s