Os obreiros do Senhor em tempos turbulentos

Filha, diga a seus irmãos que o momento é turbulento para todos, os trabalhadores da luz poderão sentir-se cansados, confusos e até sem esperanças, mas não temam, sigam em frente porque é necessário que as coisas aconteçam ainda que sejam desse modo.

Não se preocupem, tudo ficará bem e vocês já veem muitos trabalhadores, independente de suas religiões, independentemente de suas crenças, cores e valores que têm colocado o serviço ao próximo acima de qualquer coisa.

Pode lhes parecer triste ver a soma de irmãos que chegam aos hospitais vítimas da disseminação e infecção de um vírus com propósitos nada louváveis.

Sentimos por todos vocês que passam por isso e por vossos familiares, mas tudo o que temos estamos disponibilizando para ajudá-los a medida que a própria humanidade permite que isso seja feito.

Não podemos descer e dizer que tudo está acabado porque não nos cabe essa tarefa, mas a vocês sim.

Vocês são poderosos e corajosos por viverem momentos tão tensos. Muitos que agora estão encarnados viveram situações ainda piores em épocas passadas e, algumas vezes, inconscientemente, é essa a lembrança que vos assombra o medo de que as coisas se repitam e tornem a levá-los a algum lugar do passado em que as coisas eram temíveis.

Acalmem-se queridos filhos, tornem-se conscientes do trabalho que vieram desempenhar e estão desempenhando. Todo movimento que vem no mundo físico e sentem no mundo astral é uma imensa resposta às vossas orações. O antídoto do medo é o amor, apenas isso que vocês precisam saber e praticar.

Muitos bons trabalhadores estão seguindo em frentes diversas de trabalho e a “cura” ou o remédio para o mal que vos assola está em andamento. Tudo ficará bem e felizes daqueles que decidiram trabalhar na seara do senhor.

Deus não se esquece de nenhum filho ou filha, queridos!

Permaneçam em paz, luz e amor.

Com carinho me despeço,

Trecho do evangelho segundo o espiritismo lido antes da canalização Capítulo XX:5 Os obreiros do Senhor

Aproxima-se o tempo em que se cumprirão as coisas anunciadas para a transformação da Humanidade.

Ditosos serão os que houverem trabalhado no campo do Senhor, com desinteresse e sem outro móvel, senão a caridade!

Seus dias de trabalho serão pagos pelo cêntuplo do que tiverem esperado. Ditosos os que hajam dito a seus irmãos:

 “Trabalhemos juntos e unamos os nossos esforços, a fim de que o Senhor, ao chegar, encontre acabada a obra”,

porquanto o Senhor lhes dirá:

“Vinde a mim, vós que sois bons servidores, vós que soubestes impor silêncio aos vossos ciúmes e às vossas discórdias, a fim de que daí não viesse dano para a obra!” 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s